Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 3 de março de 2009

Audis de 40 mil euros para conselho de administração

Posted on 00:23 by oncare


Carlos Vaz diz que se trata de uma regalia determinada por Lei
Audis de 40 mil euros para conselho de administração cria indignação




A recente compra de quatro viaturas de alta gama por parte do conselho de administração (CA) do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro caiu mal no meio hospitalar. «Quando a palavra de ordem é reduzir encargos e custos, é lógico que a compra gerou descontentamento», disse uma fonte que preferiu não ser identificada.



O presidente do CA, Carlos Vaz, justifica, no entanto, que as viaturas se destinaram aos membros que ainda não tinham carro e que se trata de uma regalia legal.Embora sob anonimato são muitas as vozes que, quer na unidade de Chaves, quer na de Vila Real criticam a decisão do CA do CHTAD ter adquirido recentemente viaturas de alta gama para alguns dos seus membros. Ao que o Semanário TRANSMONTANO conseguiu apurar, estarão em causa quatro carros de marca Audi (A4 2.0 TDI), cujo valor comercial se situa, conforme as várias opções, entre os 38 mil e 45 mil euros.






Em resposta a um e-mail en-viado pelo Semanário TRANSMONTANO, onde se solicitavam dados relativos ao número de viaturas adquiridas, marca e modelo, bem como o seu valor, o presidente do conselho de administração, Carlos Vaz, deu apenas parte das informações pedidas. “Foi feito um contrato de leasing, por 4 anos, para viaturas marca Audi, modelo 4.



O valor unitário foi muito abaixo do estipulado pelo despacho conjunto nº 351/2006, publicado no D.R. II Série, de 26 de Abril”, informou Carlos Vaz. O despacho em causa, explica ainda o presidente do conselho de administração, “estipula os vencimentos, bem como as regalias dos membros do conselho de administração”, nomeadamente “( ponto 4, alínea b) a utilização pessoal de viaturas de serviço por parte dos membros executivos do conselho de administração. No mesmo e-mail, Carlos Vaz revela ainda que a decisão da compra das viaturas foi tomada em reunião do conselho de administração de 11 de Setembro de 2008.



“O conselho de administração deliberou atribuir, conforme a lei, os automóveis aos elementos que deles não dispunham”, frisou. Sem nunca falar em números, informa também que os restantes elementos do conselho de administração mantêm os mesmos veí-culos, adquiridos em 2005, nomeadamente o presidente do conselho de administração.No entanto, apesar da legalidade da decisão, no meio hospitalar, a compra das viaturas criou indignação.



“Num hospital onde até em luvas se poupa e onde se apela constantemente à contenção, o tema criou grande burburinho. Do auxiliar ao administrativo, passando por enfermeiros e médicos todos comentavam a luxuosa compra”, explicou um médico, que preferiu manter o anonimato.

Fonte:Semanário Transmontano

No Response to "Audis de 40 mil euros para conselho de administração"