Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 14 de dezembro de 2008

Ministra da Saúde aguarda contra-proposta dos sindicatos sobre carreiras médicas

Posted on 00:35 by oncare


in barlavento


<<<>
A ministra da Saúde, Ana Jorge, manifestou-se hoje disponível para ouvir a contra-proposta dos sindicatos à alteração da carreira médica que a tutela propõe e os profissionais contestam.
"Aquilo de que estamos à espera é a contra-proposta dos sindicatos", declarou Ana Jorge, à margem da apresentação de um primeiro balanço sobre o Programa de Intervenção em Oftalmologia, que decorreu hoje no Hospital Central de Faro.

A ministra respondia a questões dos jornalistas sobre a proposta de alteração da carreira médica que, segundo o jornal Público, sugere um alargamento do horário normal de trabalho de 35 horas para 40 horas semanais sem contrapartidas."Há uma proposta [sobre as carreiras médicas] que foi enviada aos sindicatos e estamos à espera da análise dos sindicatos", observou a responsável, confiante de que será encontrada uma solução num ambiente de diálogo.

A ministra da Saúde reiterou que "não há, nem houve da parte do Ministério, nenhuma imposição"."Foi uma proposta. Proposta essa que é sempre base de uma negociação. (...) Há abertura a todo o diálogo e a todas as propostas em cima da mesa para conversarmos sobre elas", admitiu a ministra da Saúde.A ministra da Saúde espera que a discussão com os sindicatos termine com a "defesa da boa qualidade dos serviços" e salienta que as carreiras médicas são importantes como garantia da qualidade dos serviços de saúde e dos cuidados prestados à população."Queremos renovar [as carreiras médicas] para a sua sustentabilidade, mas sempre garantindo e considerando a importância da existência de uma hierarquia técnica, na progressão da competência profissional, porque isso é a segurança de bons cuidados de saúde à população".

A primeira reunião dos sindicatos com o Ministério da Saúde está agendada para a próxima terça-feira.


12 de Dezembro de 2008 14:55lusa

No Response to "Ministra da Saúde aguarda contra-proposta dos sindicatos sobre carreiras médicas"